Doug

Conheça

Começou a carreira artística em 1997,  tendo como influência máxima o Graffiti. É um dos precursores nesta linguagem na região serrana, fazendo parte das primeiras gerações da Street Art no estado do Rio de Janeiro. Mineiro de nascença, artista autodidata passou a vida em Petrópolis, onde sempre residiu.

Em 2003 participou e m um mural coletivo no Hutúz (maior prêmio de Hip Hop da América Latina); 2006 pintou no Metting of Styles (um evento internacional de graffiti), que pela primeira vez teve  o Rio de Janeiro como se de no Brasil;  ainda em 2006 participou da exposição coletiva universidARTE, no campus Menezes Cortes (Rio de Janeiro); participou em outras exposições coletivas, tal como Arte Garagem referentes aos anos 2007, 2008 e 2009.

Ministrou diversas oficinas de graffiti, através dos projetos “Escola de Paz ” em 2001 (com apoio do governo do estado); oficina SESC RIO em 2007; 5° Bienal de Arte e Ciência Cultura da UNE; foi instrutor do projeto municipal Ciranda das Artes na Posse (distrito de Petrópolis) durante todo o ano de 2016 e diversas outras oficinas em comunidades pelo estado do Rio de Janeiro.

Tem seu trabalho espalhado por várias cidades do Brasil e exterior. Possui obras permanentes em grande escala no Centro de Cultura Raul de Leoni e outros três murais, aprova dos pelo IPHAM, na Praça da Liberdade, centro histórico de Petrópolis. No ano de 2014 participou, junto a outros artistas, na
confecção da identidade visual do Festival de Inverno do SESC RIO e no mesmo ano participou da exposição Graffiti  em Movimento na galeria da unidade SESC Quitandinha.

O ano de 2018 foi um ano de grande importância para o artista, tendo em vista que realizou sua primeira exposição individual, no Centro Cultural Piccola Arena, um espaço multi cultural, que engloba diversos tipos de artes. Ainda,  a exposição coletiva “Novos Olhares ” na qual teve seus trabalhos catalogados para o SESC Quitandinha, que fez parte da programação do Festival de Inverno, um dos maiores eventos da Região Serrana.  Em 2019 desenvolveu a curadoria e concepção artística da exposição Serra Graffiti para o Festival de Inverno Sesc Rio assim como artista convidado para a mesma.